É preciso mudar...

     Ela era talvez a pessoa que menos se reconhecia depois de tantas mudanças, não mudanças exteriores, ela ainda era quase mesma de anos atrás fisicamente, pouco tinha mudado. Mas mudanças interiores que só quem prestava atenção percebia, ela amadureceu, deixou de ser a garotinha bobinha. Ela mudou porque aprendeu que o mundo não é como ela imaginava, descobriu que as pessoas hoje são seus “amigos” e amanhã parece que nunca te conheceram, descobriu que de todos os amigos que pensava ter apenas 1 ou 2 eram verdadeiros.
Ela foi julgada por pensar diferente de muitos, por nunca ter agido como as meninas da sua idade, mas ela nunca se achou infantil, apenas não evoluiu com o mundo atual, era como se ainda vivesse na década passada. Ela foi muitas vezes pressionada para ser o que não era, fazer o que não queria, mas ela sempre soube muito bem o que queria pra sua vida, seus objetivos, sempre se manteve no caminho da educação que recebeu. Ela era uma boa menina, mas o mundo ensina, e foi esse mundo tão cruel que fez ela não se reconhecer mais, sim ela continua a mesma de sempre mas as falsas amizades, os julgamentos e os questionamentos dos outros fizeram ela ser mais forte do que sempre quis e mais fria do que sempre desejou. Ela deixou a boa menina guardada em algum lugar e as vezes ela se permite receber a visita do seu eu antigo, mas só as vezes, afinal o mundo á obrigou a destruir seu próprio mundo.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário